sábado, 1 de junho de 2019

TAÇA DE PORTUGAL - BENFICA VENCE SPORTING


Taça de Portugal - Benfica vence Sporting por 7-3

Cinco Inicial Benfica: Pedro Henriques, Casanovas, Diogo Rafael, Nicolia, Adroher
Cinco Inicial Sportin: Girão, Font, Platero, Toni Pérez, Henrique Magalhães

Árbitros: Ricardo Leão e Miguel Guilherme

Pavilhão Dr. Salvado Machado - Oliveira de Azeméis



Segundo jogo das Meias Finais da Taça de Portugal com o dérbi eterno entre Benfica e Sporting! O vencedor, já sabia, iria defrontar a Oliveirense na Final agendada para o dia de amanha.

Primeira parte recheada de grandes momentos de hóquei com o Sporting a entrar melhor na partida e chegando mesmo a conseguir uma confortável vantagem de 2-0. Perante um pavilhão bem mais composto com os adeptos das duas equipas a marcarem presença, foi Ferran Font a 'abrir o livro'!

O internacional espanhol fez o primeiro e o segundo golo do Sporting, dando uma vantagem de 0-2 aos leões perante um Benfica que não conseguia encontrar os caminhos para a baliza de Girão.

Contudo o Benfica acaba por se motivar com o segundo golo do Sporting partindo daí para uma exibição dentro das melhores da época do Benfica. Primeiro por Nicolia e depois por Miguel Vieira, o Benfica chega assim ao empate, conseguindo colocar o marcador num sensacional 2-2, para delírio dos adeptos do clube da Luz.

No seguimento da resposta dada pelo Benfica, Jordi Adroher e Lucas Ordoñez viriam a dilatar a vantagem para 4-2, deitando por terra a boa vantagem que o Sporting havia conseguido. Com este resultado no marcador, esperava-se agora a resposta do Sporting e um Benfica um pouco mais tranquilo na partida.

Foi assim que o Sporting chega novamente ao golo, já muito próximo do intervalo, com Ferran Font a tirar novo coelho da cartola e a reduzir o marcador para 4-3. Quando já se esperava a chegada do intervalo, acaba o Benfica por conseguir dilatar novamente a vantagem, com Nicolia a concluir com sucesso um livre direto! Era o 5-3 no marcador e um fechar de uma primeira parte de alto nível e seguramente, até agora, dos melhores jogos da temporada de hóquei em patins!

Inicio de segunda parte com as duas equipas a continuarem à procura do golos mas com as mesmas a apresentarem agora um jogo bem mais calculado. O Sporting procurava encurtar a vantagem enquanto o Benfica procurava chegar aos três golos de vantagem que lhe poderiam permitir uma outra gestão do jogo.

Acaba mesmo por ser o Benfica a chegar ao 6-3 depois de Lucas Ordoñez fazer uma belo golo de meia distância não dando qualquer possibilidade de defesa a Girão. Primeira vantagem de três golos na partida a pender para o Benfica que tinha agora uma vantagem confortável para gerir.

Procurava a resposta o Sporting que ia encontrando dificuldades para chegar ao golos, com Pedro Henriques a negar, por um par de vezes, o golo aos leões. Já o Benfica jogava de uma forma bem calculada, defendendo em bloco baixo e com saídas rápidas para o contra-ataque, causando assim dificuldades ao Sporting no momento defensivo.

Com dez minutos por jogar nesta segunda parte o Sporting ia sentindo dificuldades em criar situações de perigo junto de Pedro Henriques e, do outro lado, o Benfica ia gerir as suas movimentações ofensivas olhando também para o relógio dos 45 segundos para definir da melhor forma o último passe. Por esta altura o Sporting apontava 9 14 faltas e o Benfica 9 e por isso teríamos livre direto na próxima falta da partida.

A sete minutos do fim, penalidade a favorecer o Benfica. Chamado à conversão Carlos Nicolia não falha perante Girão fazendo assim o 7-3 para a equipa do Benfica. Resultando muito confortável para as águias principalmente com as dificuldades que o Sporting vem sentido para alvejar a baliza de Pedro Henriques.

Ainda antes do final da partida Ferran Font tem a possibilidade de reduzir a desvantagem através de um livre direto a castigar a 10ª falta do Benfica mas perante Pedro Henriques o internacional espanhol não consegue finalizar. Pouco depois é Marin a desperdiçar uma penalidade com Pedro Henriques a mostrar-se à altura do acontecimento uma vez mais.

Vitória merecida para o Benfica que foi sempre a equipa mais forte na maior parte do encontro. O Sporting entra a vencer mas o Benfica foi, com muito trabalho , o justo vencedor da partida. O Sporting não conseguiu dar seguimento à boa entrada na partida. O Benfica estará assim na Final de amanha onde irá defrontar a Oliveirense às 19h!

Homem do Jogo OK Porto: Lucas Ordoñez (Benfica) e Ferran Font (Sporting)

Bruno Machado - OK Porto
Foto: Catarina Maria

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.